Seleção Brasileira quebra jejum de 35 anos e vence Paraguai fora de casa
09/06/2021 09:58 em Novidades

Brasil mantém os 100% de aproveitamento nas Eliminatórias da Copa do Mundo com seis vitórias em seis jogos  

 

Por Weliton Labarra

Foto: Lucas Figueiredo / CBF

 

A Seleção Brasileira de futebol quebrou um jejum de 35 anos sem vencer o Paraguai fora de casa. Na noite desta terça-feira(08), em jogo válido pela oitava rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo do Catar, em 2022, o Brasil derrotou os anfitriões por 2 a 0 no estádio Defensores del Chaco, na capital paraguaia Assunção, com gols de Neymar Jr. e Lucas Paquetá.

 

Com o resultado, os comandados de Tite segue com 100% de aproveitamento somando 18 pontos na liderança da competição, ficando seis pontos a frente da vice-líder Argentina.

 

A seleção brasileira voltou a derrotar o Paraguai fora de casa após 35 anos. Nesta terça-feira (8), os comandados de Tite superaram os anfitriões por 2 a 0 no estádio Defensores del Chaco, na capital paraguaia Assunção, pela oitava rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo do Catar, em 2022.

 

O próximo compromisso da Seleção Canarinho será a Copa América. A estreia é domingo (13), às 18h (horário de Brasília), diante da Venezuela, no Mané Garrincha, em Brasília. A seleção de Tite está no Grupo B da competição, ao lado de Colômbia, Equador e Peru.

O jogo

 

O primeiro tempo da partida em Assunção foi de domínio total da Seleção Brasileira. Logo aos três minutos de jogo, Gabriel Jesus recebeu ótimo lançamento da lateral direita, avançou e cruzou bem para a área. A bola passou por Richarlison, mas Neymar ficou com a sobra e tocou na saída do goleiro Anthony Silva para fazer 1 a 0. Na sequência, Jesus tabelou com Neymar e quase deixou o dele, mas foi bloqueado pela defesa. O Paraguai esboçou reação e tentou o empate aos sete minutos, mas Ederson fez ótima defesa no chute de Alderete. A Canarinho respondeu com Richarlison, que recebeu bom lançamento de Fred e finalizou em cima do goleiro paraguaio.

 

Na marca dos 23, os mandantes levaram perigo em chute de Almirón, mas Eder Militão fez o desvio com o pé e salvou o lance. Depois, as principais chances foram da equipe brasileira. Neymar quase ampliou em cobrança de falta, mas viu a bola passar pelo lado esquerdo do gol adversário. Administrando a vantagem, o Brasil foi envolvendo a equipe paraguaia, que se fechou na marcação e segurou a pressão verde-amarela.

 

Na volta do intervalo, a Albirroja assustou em cabeçada de Gustavo Gómez, aos dois minutos, mas Ederson foi firme para ficar com a bola. A Canarinho seguiu o ritmo ofensivo e quase marcou o segundo quando Neymar cruzou na medida e Marquinhos se antecipou à marcação e cabeceou muito perto da trave direita paraguaia. Os brasileiros continuaram no ataque e pressionando. Aos 18, Gabriel Jesus fez ótima jogada pelo meio e passou para Neymar, dentro da área, que finalizou de canhota e viu a bola passar rente à trave. Depois, Richarlison avançou em velocidade pela esquerda e também ficou perto de balançar as redes, mas viu a zaga adversária desviar o chute.

 

Nos instantes finais, o Paraguai ensaiou uma pressão, mas a Canarinho não deu espaços e seguiu no ataque. Após Neymar e Gabriel Barbosa passarem perto, Lucas Paquetá fechou a conta aos 47 minutos. Neymar avançou em ótima jogada pelo meio e deu assistência para o meia finalizar de primeira e balançar as redes: 2 a 0.

 

PARAGUAI: Silva; Rojas (Espínola), Gustavo Gómez, Alderete e Junior Alonso; Giménez (Ávalos), Villasanti e Cardozo (Bareiro); Arzamendia, Almirón e Ángel Romero (Samudio). Técnico: Eduardo Berizzo

 

BRASIL: Ederson; Danilo, Éder Militão, Marquinhos e Alex Sandro; Casemiro, Fred (Paquetá), Gabriel Jesus (Gabigol), Neymar, Richarlison (Everton Cebolinha) e Roberto Firmino (Douglas Luiz). Técnico: Tite

 

 

COMENTÁRIOS