Volta Redonda tem um início avassalador e nos pênaltis é eliminado pela Juazeirense na Copa do Brasil
07/04/2021 20:24 em Novidades

 Voltaço empata no tempo normal em 3 a 3 e agora foca no Carioca 2021

 

Por Weliton Labarra

Foto: Divulgação (S.E. Juazeirense)

 

O Volta Redonda acabou dando mole e perdeu a chance de seguir na Copa do Brasil.Na tarde desta quarta, no estádio Adauto Moraes, em Juazeiro (BA), o Tricolor de Aço ficou no empate por 3 a 3 com a Juazeirense no tempo normal, depois de está vencendo por 3 a 0 com 20 minutos de jogo, mas nos pênaltis saiu derrotado por 4 a 2, se despediu da competição nacional e deixou de embolsar uma premiação de 1,7 milhão pela classificação.

 

JOGO

Com um time muito bem organizado em campo, o Volta Redonda começou a todo vapor e logo aos quatro minutos abriu o marcador com Luiz Paulo. Não demorou muito para o time carioca ampliar. Aos 9, Gabriel Pereira subiu após cobrança de falta e cabeceou para o gol.

 

O jogo parecia fácil e aos 17 minutos, Alef Manga brilhou, ao receber a bola na entrada da área e acertar um chutaço de canhota, sem chances para o goleiro para fazer 3 a 0 Voltaço

 

A Juazeirense tentou reagir antes do intervalo e aos 39 minutos quase diminuiu com Kanu, que cabeceou por cima do gol

 

O Voltaço voltou muito desligado para a etapa final e aos 9 minutos, o Calção de Fogo chegou ao primeiro gol. Kesley lançou Sapé, que chutou na trave e, no rebote, Daniel Nazaré encheu o pé e marcou para o time baiano.

 

O gol sofrido fez o time carioca acordar e por pouco não fez o quarto com MV e Alef Manga, parados pelo goleiro Rodrigo Calaça, que fez duas grandes defesas.

 

O time baiano colocou emoção em um jogo que parecia perdido e aos 21, Clébson bateu escanteio na cabeça de Wendell, que mandou para o fundo das redes para diminuir o placar para 3 a 2.

 

O Tricolor de Aço chegou em outras oportunidades para matar partida, mais o Juazeirense fez valer a luta até o final  e praticamente no último lance empatou o jogo. Aos 51 minutos, Clébson cruzou, Kanu recebeu na área e finalizou para o fundo das redes, levando a decisão da vaga para os pênaltis.

 

Na disputa de pênaltis, brilhou o goleiro do time baiano Rodrigo Calaça que pegou as cobranças de Marcinho e Alef Manga e a Juazeirense venceu por 4 a 2 avançando na Copa do Brasil.

 

Juazeirense: Rodrigo Calaça, Carlinhos, Dedé (Wendell), Jamerson e Daniel Nazaré (Martin Rivas); Waguinho, Sapé, Patrik (Kanu) e Clébson; Kesley e Elcarlos. Técnico: Givanildo Sales.

 

Volta Redonda: Andrey (Vinícius), Oliveira, Gabriel Pereira (Wallisson), Heitor e Luiz Paulo; Bruno Barra, Emerson Jr (Marcinho) e Luciano Naninho (Luan Leite); Alef Manga, João Carlos e MV (Marcos Bebê). Técnico: Neto Colucci.

 

Gols: Luiz Paulo, 4’/1°T (0-1); Gabriel Pereira, 9’/1°T (0-2); Alef Manga, 17’/1°T (0-3); Daniel Nazaré, 9’/2°T (1-3); Wendell, 21’/2°T (2-3); Kanu, 51’/2°T (3-3)

 

 

 

COMENTÁRIOS