Mais casos confirmados de COVID19 em São Gonçalo, clique aqui e confira os números atualizados
19/03/2020 19:16 em Novidades

Com crescimento de 100% em número de infectados e de 20% de suspeitos, Prefeitura de São Gonçalo anuncia números atualizados

 

Por: Eduardo Silva

Fonte: Site PMSG

Imagem: Site PMSG

Atualização: 30/03/2020 19h31

 

 

De acordo com o boletim atualizado da Secretaria Municipal de Saúde, o município de São Gonçalo registrou, nesta segunda-feira (30), mais cinco casos confirmados pelo novo Coronavírus. Não foram anunciados os nomes e nem as idades dos pacientes até o fechamento dessa matéria. Além de dobrar o número de casos confirmados, houve também um crescimento de mais de 20% dos casos suspeitos, chegando até o momento a 620 casos notificados.

As outras cinco pessoas infectadas que já haviam sido divulgadas são: uma idosa, 94 anos, moradora do Centro; uma profissional que atua na rede de saúde da cidade do Rio de Janeiro, moradora do Porto Novo, 26 anos; uma mulher de 32 anos que acabou de voltar de viagem aos EUA e seu namorado, de 35 anos, ambos do Amendoeira, além de um homem de 32 anos, profissional de saúde e morador do bairro Mutuá. Dos cinco, quatro estão em isolamento domiciliar com acompanhamento da equipe de saúde do município e a idosa de 94 anos segue internada em um hospital privado no municipio.


Hoje, começou o atendimento no Centro de Referência ao Atendimento ao Coronavírus, no bairro Zé Garoto. A Unidade realizará pronto atendimento para casos gripais e suspeitas de Coronavírus (Covid-19) das 8h às 20h. Outras unidades serão abertas gradativamente, nos bairros Venda da Cruz e Vista Alegre.

O Hospital Luiz Palmier (HLP), no Zé Garoto, que também está sendo preparado para ser a unidade de referência e internação no combate à pandemia, abre na próxima semana para os atendimentos de referência. Além disso, foi anunciado nessa segunda a construção de um hospital de campanha no bairro do Colubandê.

A Secretaria de Saúde ressalta a necessidade de que a população se mantenha em quarentena, evitando deslocamentos desnecessários para que não ocasione aumento na transmissão do Coronavírus.

 

Como a Prefeitura está agindo para conter o vírus?

As autoridades do município de São Gonçalo estão desde o início do ano de 2020 acompanhando a crescente do novo Coronavírus (Covid-19) no Brasil e no mundo. Visando conter o crescimento da doença em nosso país e criar uma barreira de contenção para os casos do vírus em nossa cidade, tomamos diversas medidas com a equipe da secretaria municipal de Saúde, para que nossa população não seja prejudicada.

Estabelecemos um plano de contingência contra o novo Coronavírus para definir as ações, preparar para o monitoramento, controle e assistência a possíveis casos de infecção. O objetivo do plano é direcionar ações e procedimentos de responsabilidade para se antecipar a possíveis surtos que possam ocorrer.

Como forma de desmentir possíveis Fake News e informar a população por meio de uma fonte segura, a Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde de São Gonçalo criou nesta segunda-feira (2) um canal direto de esclarecimentos e informações através do Whatsapp no número telefônico: (21) 96597-5309. O atendimento é realizado das 9h às 17h. É importante destacar que só serão aceitas mensagens escritas, não podendo ser enviado áudio ou realizar ligações.

 

Como ele é transmitido?

A transmissão pode ocorrer pelo ar ou por contato com secreções contaminadas, como gotículas de saliva, por meio do espirro ou tosse, catarro, contato pessoal próximo, objetos e superfícies contaminadas seguido de contato com boca, nariz ou olhos.

Quais os sintomas?

Mais comuns:

  • Febre
  • Tosse
  • Dificuldade de respirar
  • Problemas gástricos
  • Diarréia

Em casos graves:

  • Pneumonia
  • Síndrome respiratória aguda severa
  • Insuficiência renal

Como é o tratamento?

Não existe medicamento nem vacina específica. Apenas os sintomas podem ser tratados. O indicado é repouso e consumo de bastante água.

A automedicação deve ser evitada em quaisquer circuntâncias.

Como se previnir?

  • Lavar as mãos com água e sabão com frequência;
  • Utilizar álcool em gél nas mãos;
  • Evitar ambientes com muita aglomeração;
  • Cobrir a boca e o nariz ao tossir e espirrar, de preferência, com um lenço de papel;
  • Não compartilhar objetos de uso pessoal como talheres, copos, escova de dentes, etc.

Quando procurar o médico?

Só procure hospital ou um médico quando você começar a ter sinais de falta de ar.

Onde procurar atendimento?

Caso seja necessário, você poderá encontrar o atendimento nas unidades de saúde do município.

COMENTÁRIOS
728x90