São Gonçalo, 15 de Dezembro de 2019

Com uma linda festa, Flamengo goleia o Ceará, de virada, com hat-trick de Bruno Henrique e recebe a taça de Campeão Brasileiro
28/11/2019 09:41 em Novidades

 

O Rubro-Negro no último fim de semana conquistou o Bi da Taça Libertadores e o Hepta Brasileiro 

 

Por Weliton Labarra

Foto: Marcelo Cortes / Flamengo

 

Na entrega da taça de Campeão do Campeonato Brasileiro 2019, o Flamengo fez a festa de sua torcida que compareceu em peso no Maracanã com mais de 67 mil pagantes presentes onde os comandados de Jorge Jesus deu um show e goleou, de virada, o Ceará pelo placar de 4 a 1, na noite desta quarta-feira.

O Ceará tentou estragar a festa Rubro-negra onde Thiago Galhardo ainda no primeiro tempo fez o gol dos visitantes, mas na etapa final brilhou a estrela de Bruno Henrique que fez três gols, alcançando a vice-artilharia da competição com 21 gols, e Vitinho que fechou a goleada do Flamengo.

 Com o resultado,a equipe Rubro-Negra quebrou o recorde de melhor campanha do Brasileirão de pontos corridos com 20 clubes ao chegar aos 84 pontos, três a mais do que o Corinthians que em 2015 naquela ocasião obteve 81 pontos.

Faltando ainda três rodadas pra o término da competição, o Flamengo agora vai ter pela frente o Palmeiras, no próximo domingo (01), às 16h, no Allianz Parque onde a equipe já soma 26 vitórias, seis empates e apenas três derrotas e segue há 27 jogos de invencibilidade.

Flamengo: Diego Alves, Rodinei, Rhodolfo, Rodrigo Caio e Renê; Willian Arão, Diego (Lincoln), Everton Ribeiro, Arrascaeta (Gerson) e Reinier (Vitinho); Bruno Henrique. Técnico: Jorge Jesus.

Ceará: Diogo Silva, Samuel Xavier, Eduardo Brock, Valdo e João Lucas (Leandro Carvalho); Fabinho, Ricardinho (Mateus Gonçalves), Felipe Baxola, Chico e Pedro Ken; Thiago Galhardo (Tiago Alves). Técnico: Adílson Batista.

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!

Seja um padrinho da Esporte Metropolitano! A partir de 1 real você nos ajuda a produzir o melhor conteúdo para você! Clique na imagem abaixo e saiba mais: