São Gonçalo, 15 de Dezembro de 2019

Na Arena Condá, Botafogo vence a Chapecoense e dá um passo para seguir na Série A do Brasileirão
28/11/2019 00:46 em Novidades

Com a vitória, o Glorioso fica muito perto de confirmar sua permanência na elite do futebol nacional em 2020, enquanto o time catarinense acabou rebaixada para a Segundona   

 

Por Weliton Labarra

Foto: Vítor Silva/Botafogo

 

No duelo contra o rebaixamento, o Botafogo levou a melhor sobre a Chapecoense(SC) e venceu por 1 a 0, com direito a um golaço do jovem atacante Rhuan, na noite desta quarta-feira (27), na Arena Condá, em jogo válido pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro

Com o triunfo, o Glorioso alcançou os 42 pontos na 13ª colocação onde deu uma passo importante para permanecer na Série A e ainda sonha com uma vaga na Copa Sul-Americana onde acabou rebaixamento a Chapecoense. Na próxima rodada, o Alvinegro recebe o Internacional (RS), no Estádio Nilton Santos, no sábado (30), às 19h.

 

O JOGO

Em um primeiro tempo muito equilibrado vimos duas equipes com uma proposta de buscar o resultado onde tivemos várias finalizações.    

Por atuar em casa, a Chapecoense chegou por duas vezes com muito perigo ao gol do Gatito após chute de longe de Roberto que o arqueiro paraguaio fez a defesa e na cabeçada de Renato para fora. O Alvinegro tentou responder com Yuri e Fernando, mas acabou pecando no último passe.

O atacante Everaldo quase inaugurou o marcador. Primeiro em uma cobrança de falta para fora e depois uma cabeçada para defesa de Gatito. O Botafogo por pouco não tirou o zero do placar em três finalizações seguidas com João Paulo, Alex Santana para fora e Rhuan.

Na reta final do primeiro tempo, o Glorioso dominou e quase fez o gol em uma cabeçada de Alex Santana e duas finalizações perigosas de Rhuan. Do outro lado, a Chape assustou em chute cruzado de Bruno Pacheco para fora e, principalmente, em finalização de Roberto por cima, na pequena área, já aos 45.

Na volta da etapa complementar, a Chape começou pressionando e logo de cara acertou o travessão onde Gatito Fernández voltou a salvar o time alvinegro.

O Botafogo se mostrava perigoso nos contra-ataques. Ensaiou aos 5, com Luiz Fernando e Rhuan, chegou o gol aos 8! Diego Souza roubou bola, João Paulo deu ótimo passe e Rhuan teve muita categoria para encobrir o goleiro.

Daí em diante, o jogo foi de tentativa de pressão da Chapecoense e boa organização defensiva do Botafogo. Eduardo, Everaldo e Arthur Gomes tentaram, sem sucesso. Aos 38, Cícero foi providencial ao bloquear chute de Gustavo Campagnaro. No último lance, aos 50, Henrique Almeida teve sobra na área e mandou para fora. Vitória do Botafogo em Chapecó!

Chapecoense (SC): João Ricardo; Eduardo, Douglas, Maurício Ramos (Camilo), Bruno Pacheco; Renato (Arthur Gomes), Amaral, Márcio Araújo, Roberto (Gustavo Campanharo); Everaldo e Henrique Almeida. Técnico: Marquinhos Santos.

Botafogo: Gatito Fernández; Fernando, Marcelo Benevenuto, Gabriel, Yuri; Cícero, João Paulo (Jean), Alex Santana; Rhuan, Igor Cássio (Luiz Fernando) e Diego Souza (Vinícius Tanque). Técnico: Alberto Valentim.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!

Seja um padrinho da Esporte Metropolitano! A partir de 1 real você nos ajuda a produzir o melhor conteúdo para você! Clique na imagem abaixo e saiba mais: