São Gonçalo, 21 de Outubro de 2019

Após ficar quatro meses parada por lesão, niteroiense vai ao Mundial Militar
04/10/2019 09:38 em Novidades

 

Por Weliton Labarra

Fonte: André Lacerda / WWW.projetoatleta.com.br

Foto: Arquivo Pessoal

 

Uma lesão no cotovelo deixou Dailane Reis afastada do esporte durante quatro meses. Agora, já recuperada, a niteroiense da seleção brasileira de wrestling (luta olímpica) aguarda o Mundial Militar, que terá início no próximo dia 18. A competição será realizada em Wuhan, na China, e vai reunir mais de 10 mil atletas de mais de 100 países.  

"Estou indo para os meus primeiros Jogos Mundiais Militares. Já participei de três Campeonatos Mundiais, de onde eu trouxe três medalhas de bronze. Estou muito feliz pela oportunidade de representar a Marinha mais uma vez", disse.

Dailane também falou a respeito do período em que ficou impossibilitada de lutar: "Eu venho de uma lesão muito chata e inesperada. Acho que essa é a pior parte para um atleta. Foram 95 dias parada, com acompanhamento médico, fisioterapia etc. O que mais me deixou contente foi que o Time Brasil me acolheu de uma forma muito boa, me dando todo o suporte possível, com fisioterapia e profissionais da área de Educação Física, da qual eu faço parte hoje (Dailane é formada pela UNISUAM). Eles estão responsáveis pela minha preparação. Estou com eles há quase quatro meses. Após eu ter recebido alta da fisioterapia no Time Brasil, eu continuei meu trabalho de preparação física junto aos profissionais que treinam não só a mim, mas também vários atletas 'top', como a Rafaela Silva, do judô, e a Ana Marcela, da maratona aquática. Estou muito feliz com essa nova parceria e só tenho a agradecer".

"Assim que ocorreu a minha lesão, a primeira pessoa que me ajudou e começou meu tratamento foi o fisioterapeuta da seleção, Roberto Moron. E numa perda inesperada dele, a gente acabou ficando abalado. Mexeu muito comigo, pois era uma pessoa que estava me incentivando e cuidando da minha lesão. Após a morte dele, a gente conseguiu essa parceria com o Time Brasil. O Roberto era fisioterapeuta da seleção, e sou muito grata por tudo o que ele fez", concluiu.

Dailane, que faz parte do Programa de Alto Rendimento das Forças Armadas, e o restante da equipe de wrestling terão um período de treinamento no CEFAN, entre os dias 6 e 15 de outubro, quando a delegação embarca para a China. 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!

Seja um padrinho da Esporte Metropolitano! A partir de 1 real você nos ajuda a produzir o melhor conteúdo para você! Clique na imagem abaixo e saiba mais: