São Gonçalo, 22 de Setembro de 2019

São Gonçalo sofre revés e deixa o G-2 da Taça Corcovado
04/09/2019 20:44 em Novidades

Em jogo válido pela sexta rodada do returno, Mais Querido bobeou e viu o Bonsucesso vencer por 2 a 0, no Alzirão

 

Por Weliton Labarra

Foto: Raphael Santos (La Marca)

 

Depois de seis jogos com vitórias na Série B1 do Campeonato Carioca, o São Gonçalo acabou sendo superado pelo Bonsucesso por 2 a 0, no Estádio Alzirão, em Itaboraí, na tarde desta quarta-feira (04).

Com o revés, o Mais Querido acabou caindo para a terceira colocação do Grupo A com 10 pontos na Taça Corcovado, mas segue vivo na Segundona. O próximo compromisso do São Gonçalo será longe de sua casa, no Marrentão, neste sábado (07), às 15h, contra o Duque de Caxias. Já o Rubro-Anil voltou a vencer na Segundona depois de três partidas onde o time agora soma 9 pontos, em terceiro da outra chave e seu próximo adversário será o Olaria, em Moça Bonita, no mesmo dia e horário.

JOGO 

O Bonsucesso fez um bom primeiro tempo e nos primeiros quarenta e cinco minutos foi superior ao adversário. O primeiro gol dos visitantes saíram dos pés de Kelvin, aos 15 minutos, mas o São Gonçalo mesmo não ter brilhado tentou o empate com Waldir onde Caio defendeu.

O Azul e Branco voltou um pouco mais efetivo no ataque para o segundo tempo, ma seguia afobado em tentar definir e isso acabou atrapalhando o time. A melhor chance dos mandantes foi com Marcio Carioca que substituiu Jones e em sua primeira tentativa quase deixou tudo igual. O Cesso seguia perigoso demais nos contra-ataques e por pouco não ampliou em falta cobrada por Kelvin e a bola desviou em Daniel Marins, mas Luís Guilherme fez grande defesa.

Desarrumado, o Azul e Branco atacava de forma desorganizada e mesmo com quatro atacantes não conseguia abrir a defesa adversária que vinha fazendo uma bela partida, até que aos 46 minutos, o Bonsuça fez valer a boa atuação e ampliou com o artilheiro Jackson que aproveitou sobra na área e fez 2 a 0.

São Gonçalo: Luís Guilherme; Thiago Ryan, Athyla, Edson e Paulo Vitor; Leandro Carvalho, Gustavo Moura (Deyvison), Eberson (Diego SalesT) e Sabão; Waldir e Márcio Carioca (Jones). Técnico: Léo Goiano.

Bonsucesso: Caio; Kelvin, Wallace, Raphael e Dieyson (Rossales); Filipe Silva, Josiel, Lucas Silva, Denilson (Léo Lisboa) e Alex Chander; Daniel Marins (Jackson). Técnico: Luciano Quadros.

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!

Seja um padrinho da Esporte Metropolitano! A partir de 1 real você nos ajuda a produzir o melhor conteúdo para você! Clique na imagem abaixo e saiba mais: