São Gonçalo, 19 de Maio de 2019

Kieza desencanta, Botafogo vence o Madureira e segue vivo na Taça Rio
12/03/2019 08:57 em Novidades

Essa foi a primeira vitória do Glorioso na Taça Rio que afasta o time da zona de rebaixamento para a Seletiva e ao mesmo tempo mantém o time em busca do Tri Estadual

Por Weliton Labarra

Foto: Divulgação/ Botafogo

 

Só a vitória interessava ao Botafogo para seguir com chances de título no Campeonato Carioca em um momento conturbado dentro da competição, e ela veio de forma sofrida e dramática. Na noite desta segunda-feira (11), o Glorioso reagiu na etapa final e venceu, de virada, o Madureira por 2 a 1, no Nilton Santos, obtendo apenas a segunda vitória no Estadual.

O Madureira contou com a sorte e graças ao gol contra de Marcinho, o time visitante saiu vencendo ainda no primeiro tempo, mas na etapa complementar, o Alvinegro foi superior e com gols de Jonathan e Kieza, que desencantou depois de 16 partidas, garantiram a virada do Alvinegro.

Com os três pontos conquistados, o Botafogo segue vivo na Taça Rio com quatro pontos na quarta posição do Grupo B e para chegar a semifinais do Estadual precisa ser Campeão do segundo turno, já que na pontuação geral tem oito pontos no oitavo posto. Por outro lado, o Tricolor Suburbano segue sem vencer e ainda é o penúltimo colocado na classificação geral com 3 pontos e muito ameaçado de disputar a Seletiva 2020.

 

Resumo

Na rodada de número quatro, o Glorioso enfrenta o Fluminense no domingo (17), às 19h, no Maracanã. Já o Tricolor Suburbano  visita o Resende, no Estádio do Trabalhador, no sábado, às 16h30.

Não foi uma partida brilhante, mas o Botafogo desde o começo impôs seu ritmo onde teve posse de bola e chances de gol. Aos 4, Erik fez um ótimo lançamento para Kieza que finalizou, mas Douglas espalmou. Em sua única finalização no jogo, o Madureira contou com a sorte para inaugurara o marcador. Aos 11, Luciano deu bom passe, Bruno chutou, Gatito espalmou, a bola bateu em Marcinho e entrou.

A partir daí vimos um Alvinegro lançando ao ataque, mas a torcida insatisfeita com o resultado pegava no pé de alguns jogadores como do lateral Marcinho e do atacnte Kieza. Marcelo cabeceou uma por cima, Kieza bateu para defesa do goleiro, Bochecha levou perigo.

Cícero em cobrança de falta acertou o travessão e por pouco não deixou tudo igual. No último lance da etapa inicial, o meia apareceu outra vez e serviu Kieza. O atacante finalizou forte, para grande defesa do goleiro Douglas.

No segundo tempo, o Glorioso seguia dominando a partida, mas esbarrava na bela atuação do arqueiro do Douglas que fez milagres nos chutes de Kieza e Marcinho.

O gol da igualdade saiu aos 16 minutos. Gustavo Bochecha deu ótimo lançamento, Gustavo Ferrareis dominou na área e ajeitou para Jonathan encher o pé para empatar a partida em 1 a 1.

A pressão alvinegra era gigantesca onde o arqueiro do Tricolor Suburbano seguia fazendo grandes defesas no jogo. O gol que garantiu a vitória do Botafogo veio aos 39 minutos dos contestados pela torcida Marcinho e Kieza. O lateral-direito cruzou na medida e o K-9 cabeceou para desencantar depois de 16 jogos sem balançar as redes.

 

O time então controlou o jogo, teve mais uma chance, com Rodrigo Pimpão, e segurou a importante vitória.

Botafogo: Gatito Fernández; Marcinho, Marcelo Benevenuto, Gabriel e Jonathan; Gustavo Buchecha (João Paulo), Cícero, Gustavo Ferrareis (Rodrigo Pimpão) e Luiz Fernando (Igor Cássio); Erik e Kieza. Técnico: Zé Ricardo

Madureira: Douglas; Arlen, Mario Pierre, Júnio Lopes e Rezende; Levi, Rodrigo Dantas, Bruno (Welber) e Luciano (Everton); Marlon(Derek) e Cláudio Maradona. Técnico: Gaúcho 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!

Seja um padrinho da Esporte Metropolitano! A partir de 1 real você nos ajuda a produzir o melhor conteúdo para você! Clique na imagem abaixo e saiba mais: