Em São Januário, Vasco consegue empate no fim contra o líder do Brasileiro da Série B
18/07/2021 22:18 em Novidades

Gigante da Colina perde a chance de entrar no G-4 e ver o Timbu alcançar 12 jogos invictos no certame nacional

 

Por Weliton Labarra     

Foto: Vitor Brugger/Vasco

 

O Vasco entrou em campo, na tarde deste domingo (17), para enfrentar o líder do Campeonato Brasileiro da Série B e ficou no empate em 1 a 1 com o Náutico, em São Januário, pela rodada de número 12. O Timbu por pouco não saiu com a vitória. Vinícius abriu o placar ainda no primeiro tempo, mas o Cruz-maltino lutou até o fim e nos acréscimos da etapa final, o atacante Morato evitou a derrota.

 

O Náutico alcança a maior sequência invicta nas primeiras rodadas da história da competição na era dos pontos corridos e segue na liderança com 26 pontos, enquanto o  Vasco perdeu a chance de entrar pela primeira vez no G-4 nessa atual edição e agora soma 18 pontos, em sétimo.

 

O próximo compromisso do Gigante da Colina será na quarta-feira, diante do CSA, às 21h30, no Rei Pelé. O Timbu, por sua vez, volta a campo no mesmo dia e horário, nos Aflitos, contra o Brasil de Pelotas. Ambas as partidas são válidas pela décima terceira rodada da Série B.

 

O JOGO

 

O Vasco encontrou muitas dificuldades diante de um Náutico muito bem organizado em campo onde o time visitante conseguia manter a posse de bola e criou as melhores chances no primeiro tempo. Aos 32, o Timbu saiu na frente com gol de Vinícius.

 

Na segunda etapa, o Cruz-maltino adotou uma postura mais agressiva e conseguiu criar algumas chances de gols. Aos 6, Léo Jabá avançou por dentro, limpou o zagueiro e bateu com muito perigo. Um minuto depois, Juninho tentou enfiada de bola pra Cano, mas o goleiro adversário estava atento e se antecipou.

 

Aos 13, Andrey arrancou pela direita, invadiu a área e tentou o chute, mas mandou por cima. O Vasco pressionava e aos 30, Léo Jabá ganhou do marcador pela esquerda e sairia em boa condição, mas foi parado com falta. Aos 35, Arthur cruzou, o zagueiro cortou mal e a bola bateu no travessão. Um minuto depois, Cano recebeu na entrada da área e arriscou de canhota, mas mandou pra fora. Aos 43, Morato cruzou para Cano, que girou e bateu rasteiro, com pouca força.

 

A persistência deu resultado aos 47. Arthur deu lindo passe de calcanhar para Morato, que invadiu a área e encheu o pé para empatar: 1 a 1. Gol que deu números finais a partida.

 

Vasco: Vanderlei; Léo Matos (Riquelme), Ernando, Leandro Castan e Zeca; Andrey, Galarza (Juninho), MT (Léo Jabá) e Marquinhos Gabriel (Arthur Sales); Gabriel Pec (Morato) e Cano. Técnico: Marcelo Cabo

 

Náutico: Alex Alves; Bryan, Camutanga, Carlão e Rafinha; Matheus Trindade (Iago), Rhaldney (Djavan) e Marciel (Luiz Henrique); Jean Carlos, Vinícius e Kieza (Paiva). Técnico: Hélio dos Anjos

COMENTÁRIOS