Meu título -

São Gonçalo, 21 de Março de 2019

Diego Alves pega pênalti, Flamengo vence LDU e segue bem na Libertadores
13/03/2019 23:21 em Novidades

Rubro-Negro vence a primeira partida na melhor de três jogando no Maracanã e segue invicto na Libertadores

Por Weliton Labarra

Foto: Reprodução/Twitter

 

Com pênalti defendido por Diego Alves no fim do primeiro tempo, o Flamengo dominou, venceu a LDU (EQU) por 3 a 1, na noite deste quarta-feira(13), com gols de Everton Ribeiro, Gabriel e Uribe, e com isso conquistou o seu primeiro triunfo na melhor de três partidas seguidas no Maracanã pela Taça Libertadores da América. O gol de honra da LDU foi marcado por Borja de pênalti no fim da partida.

Com o resultado, o Rubro-Negro segue com 100% de aproveitamento na competição continental chegando a seis pontos na liderança do Grupo D, deixando os equatorianos em segundo lugar, com três. Seu próximo compromisso pela competição sul-americana será no dia  03 de abril contra o Peñarol (PAR), às 21h30, com mais um jogo diante de sua torcida no Maracanã que com certeza terá casa cheia.

No próximo sábado (16),às 19h, o Rubro-Negro enfrenta o Volta Redonda, novamente no maior palco do Mundo, em partida válida pela quarta rodada da Taça Rio, o segundo turno do Campeonato Carioca.

 

JOGO

Os primeiros minuto foram de estudo para ver como a LDU iria se comportar dentro da partida onde o Rubro-Negro acabou encontrando dificuldades e viu os equatorianos criarem uma grande chance aos sete minutos. Depois de um lançamento, Aguirre escora para trás de cabeça e Julio chega bem para bater de primeira e o goleiro Diego Alves faz de defesa.

Após o susto, o Flamengo praticamente acordou e dominou todo o jogo onde inaugurou o placar logo em seguida. Aos 9, em boa triangulação de Renê  e Diego, Everton Ribeiro recebeu livre na grande área e empurrou para o fundo da rede com um toque de classe, explodindo o Maracanã.

A partir daí, vimos um Flamengo confiante e avassalador. Empurrado pela sua torcida, a equipe criou uma chance atrás da outra. Aos 16, em falta ensaiada, Everton Ribeiro colocou na cabeça de Bruno Henrique. O camisa 27 obrigou o goleiro Gabbarini a se esticar todo. Depois foi a vez de Arão cabecear por cima do gol equatoriano.

Aos 28, Everton Ribeiro achou Gabriel livre dentro da área. O camisa 9 dominou, mas acabou chutando em cima do arqueiro Gabbarini. No rebote, com o gol vazio, o artilheiro chutou por cima do gol, perdendo uma chance inacreditável.

A LDU conseguiu sair do sufoco nos minutos finais do primeiro tempo quando o Fla abaixou o ímpeto e aos 42, o meia Diego cometeu pênalti infantil em cima de Veja. Na cobrança, o goleiro Diego Alves brilhou e defendeu o pênalti de Intriago onde o arqueiro foi ovacionado pela torcida após o término da etapa inicial.

Sem querer vacilar, o Flamengo manteve a mesma intensidade onde a equipe criou jogadas coletivas em uma noite perfeita. Aos 14, Arão fez o goleiro adversário trabalhar com um chute de fora da área. Não demorou muito, o Rubro-Negro ampliou com Gabriel. Em jogada da ex-dupla santista, Bruno Henrique ajeitou para Gabigol e o camisa 9 encheu o pé para fazer 2 a 0.

Procurando valorizar a posse de bola, os comandados de Abel Braga seguia a pressão e com muita personalidade fez o terceiro gol.  Em menos de 35 segundos em campo, o atacante Uribe que tinha entrado no lugar de Bruno Henrique deixou o seu gol, aos 35. Renê cruzou, Arão escorou de cabeça e o camisa 20 bateu na saída do goleiro adversário.

Com a vitória garantida, Abel testou uma formação diferente com Arrascaeta no lugar de Cúellar e com isso a LDU conseguiu dar trabalho nos últimos sete minutos. Na sequência, o treinador sacou Renê e promoveu a entrada de Trauco. Em um minuto e meio em campo, o peruano cometeu pênalti em Nico Freire. Na cobrança, o ex-flamenguista Borja converteu e com maestria venceu o goleiro Diego Alves para fazer o gol de honra da LDU.

Flamengo: Diego Alves; Pará, Léo Duarte, Rodrigo Caio e Renê (Trauco); Cuéllar (Arrascaeta), Willian Arão e Diego; Everton Ribeiro, Gabriel e Bruno Henrique (Uribe). Técnico: Abel Braga

LDU: Gabbarini; Quintero, Nico Freire, Carlos Rodríguez e Christian Cruz; Intriago (Murillo), Orejuela, Veja, Jhojan Julio e Ayoví (Angulo); Aguirre(Borja). Técnico: Pablo Repetto

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!

Seja um padrinho da Esporte Metropolitano! A partir de 1 real você nos ajuda a produzir o melhor conteúdo para você! Clique na imagem abaixo e saiba mais: