Meu título -

São Gonçalo, 21 de Março de 2019

Fluminense vence a Cabofriense e volta a liderança do seu grupo na Taça Rio
10/03/2019 18:31 em Novidades

A dupla Yony e Luciano já marcaram 10 dos 17 gols do Tricolor neste Campeonato Carioca

 

Por Weliton Labarra

Foto: Lucas Merçon / Fluminense

 

O Fluminense voltou a liderança do seu grupo na Taça Rio após vencer a Cabofriense por 2 a 1, em jogo válido pela terceira rodada do segundo turno do Estadual na tarde deste domingo no Maracanã, com gols de Yony González e Luciano, com Abner descontando para os visitantes. A equipe ultrapassa Volta Redonda e Vasco na tabela e chega ao topo do Grupo A com sete pontos, enquanto o Tricolor Praiano sofreu sua primeira derrota no segundo turno e mesmo assim permanece como o vice-líder da outra chave com seis.

O próximo compromisso do Fluminense será contra o Boavista na quinta-feira (14), às 20h, no Elcyr Resende, em jogo antecipado da quinta rodada da Taça Rio e depois no próximo domingo (17), tem o clássico contra o Botafogo, às 19h, novamente no Maracanã. Já a Cabofriense receberá o Vasco, no Estádio Kleber Andrade, em Cariacica, Espírito Santo, às 16h, também no domingo (17).

 

JOGO

O técnico Fernando Diniz optou em um esquema diferente com Ganso mais próximo da dupla de ataque e contou com o volante Allan como titular pela primeira vez na vaga de Bruno Silva suspenso por seis partidas.

 

O primeiro tempo começou devagar, mas o tricolor logo se impõs dentro de campo com a sua principal características que é a posse de bola. Aos 13, George fez grande defesa após Yony finalizar com passe de Ganso. O camisa 10  apareceu outra vez após um passe para Gilberto que cruzou da direita para Yony que arrematou para fora, aos 22. 

Com total domínio, o Flu aproveitou para inaugurar o marcador. Aos 24 minutos, após falta cobrado por Dodi na direita, Allan escorou de cabeça para um lindo gol de Yony Gonzales, de voleio.

O Tricolor das Laranjeiras ainda teve duas grandes chances antes do intervalo para aumentar o placar com os atacantes Luciano e Yony que acertou a trave. O time visitante teve a melhor chance aos 34 minutos com Anderson Rosa em cobrança de escanteio quase fez um gol  olímpico.  

O Flu voltou um pouco mais lento para a etapa final e viu a Cabofriense ameaçar em cobrança de falta de Anderson Rosa que acertou a barreira. Na sequência, Caio Henrique achou Yony na ponta esquerda, que sofreu falta. O próprio Caio cobrou e o colombiano cabeceou para fora. Aos 11, Yony caiu na área e o juiz mandou seguir.

Os visitantes mesmo perdendo foram para cima e achava espaços para os contra-ataques. O tricolor saiu do sufoco aos 19 minutos. Ganso achou Luciano que chutou cruzado no canto direito do goleiro adversário, aos 19, ampliando o placar para 2x0.

 

A Cabofriense seguia pressionando atrás do seu gol, enquanto isso o Flu apenas administrava a vitória sem correr perigo e ainda criou três grandes chances com Gilberto, Luciano e Ganso. Praticamente no finzinho, o Tricolor Praiano conseguiu diminuir com Abner, mas já era tarde para uma possível reação. 

Fluminense: Rodolfo; Gilberto, Matheus Ferraz, Digão (Léo Santos) e Caio Henrique; Airton, Allan, Dodi (Marcos Calazans) e Paulo Henrique Ganso; Yony González (Marcos Paulo) e Luciano. Técnico: Fernando Diniz.

Cabofriense: George; Watson, Bruno Lima, Igor e Marlon; Abuda, Gama (Abner 35'/2ºT) e Anderson Rosa (Kaká Mendes); Índio (Manoel), Rafael Pernão e Rincón. Técnico: Valdir.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!

Seja um padrinho da Esporte Metropolitano! A partir de 1 real você nos ajuda a produzir o melhor conteúdo para você! Clique na imagem abaixo e saiba mais: