São Gonçalo, 16 de Fevereiro de 2019

Sub-20: Depois de uma reação improvável, Brasil é superada pelo Uruguai com gol no fim
04/02/2019 21:55 em Novidades

 Pelo Sul-Americano Sub-20, Seleção Brasileira sofre com um futebol apático, chega a estar perdendo por 2 a 0, reage e no fim ver o Uruguai vencer por 3 a 2

 

Por Weliton Labarra

Foto: Lucas Figueiredo / CBF  

 

A garotada do Brasil segue dando vexame no Campeonato Sul-Americano de futebol Sub-20 no Chile. Na noite desta segunda-feira (04), a Seleção Brasileira sofreu com mais um derrota, desta vez foi para o Uruguai pelo placar de 3 a 2, em partida que abriu a terceira rodada do Hexagonal Final no Estádio El Teniente, em Rancagua.

Com o resultado, o time canarinho fica numa situação muito delicada, podendo mais uma vez ficar de fora de mais uma Copa do Mundo da categoria que será realizado na Polônia, em maio onde são distribuídas quatro vagas e os três primeiros colocados da fase final do torneio avançam aos Jogos Pan-Americanos, que serão disputados entre julho e agosto de 2019, em Lima, no Peru.

Hoje, o Brasil amarga a lanterna com um mísero ponto em três jogos e terá que vencer os últimos dois jogos para seguir com chances de classificação. Por sua vez, os uruguaios assumiram provisoriamente a liderança com sete pontos ganhos.

O próximo compromisso do Brasil será contra o Equador, às 20h50 (de Brasília) desta quinta-feira. Já o Uruguai, por sua vez, enfrenta a Argentina no mesmo dia, às 18h30.

 

Jogo

Sem sua principal referência no ataque, o atacante Rodrygo que cumpria ssupensão por ter sido expulso na última partida, o time de Carlos Amadeu encontrou sérias dificuldades para incomodar o miolo de zaga dos uruguaios e em um primeiro tempo muito fraco, o Brasil conseguiu segurar o empate sem gols.

O jogo só veio ganhar emoções mesmo na etapa final onde vimos duas equipes disposta a vitória. O time canarinho seguia com os mesmos problemas, sem poder ofensivo e exposto para os contra-ataques. O Uruguai se aproveitou da apatia brasileira e saiu na frente aos 14 minutos. Schiappacasse cobrou falta, e Phelipe fez grande defesa. Na sequência, a bola foi no travessão e voltou para Emiliano Goméz fazer 1 a 0.

Desorganizado, o zagueiro Thuller acabou cometendo pênalti infantil em Schiappacasse. Na cobrança, o próprio camisa 10 uruguaio cobrou com categoria e ampliou a vantagem.

Com a desvantagem, a garotada do Brasil foi em busca de uma reação improvável que começou aos 23 minutos. Marcos Bahia lançou na medida do meio campo e encontrou Lincoln, que dominou e finalizou com categoria para descontar para o Brasil: 2 a 1.

O gol deu um novo ânimo a equipe de Carlos Amadeu.Aos 32, Jonas Toró recebeu cruzamento na área e arriscou o chute, que foi sobre a meta da Celeste. A insistência surtiu efeito e o Brasil chegou a igualdade no marcador aos 38. Emerson cruzou da linha de fundo, e Luan Cândido pegou de primeira para mandar uma bomba no canto do goleiro Rodríguez: 2 a 2.

Depois do empate, o jogo ficou em aberto e o Brasil voltou a cometer erros. Mesmo depois do empenho, o Brasil viu o Uruguai decretar a vitória com Pablo García que marcou o terceiro gol aos 46 minutos e deu números finais.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!

Seja um padrinho da Esporte Metropolitano! A partir de 1 real você nos ajuda a produzir o melhor conteúdo para você! Clique na imagem abaixo e saiba mais: