Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais

São Gonçalo, 18 de Novembro de 2018

Audax Rio é Campeão da Taça Corcovado
16/09/2018 00:30 em Novidades

Nos pênaltis, Audax vence o Sampaio Corrêa e conquista a taça de campeão da Taça Corcovado

 

Por Weliton Labarra

Foto: Úrsula Nery/Agência Ferj

 

Depois de um jejum de dois anos sem conquistar um título, o Audax Rio voltou a soltar o grito de campeão. Na tarde deste sábado(15), Sampaio Corrêa e Audax Rio protagonizaram um jogo emocionante no Estádio Lourival Gomes de Almeida onde a Laranja Meritiense consagrou-se campeão da Taça Corcovado, o segundo turno do Campeonato Carioca da Série B1 ao vencer o duelo na decisão dos pênaltis por 4 a 3, com destaque para o goleiro Max que pegou duas cobranças do Galinho da Serra, após empate de 1 a 1 no tempo normal. Gilcimar marcou para os visitantes e Leo Guerreiro para os mandantes.

Agora as duas equipes voltam a campo na próxima quarta-feira (19) para o jogo decisivo do acesso pela semifinal geral da Série B1. A Laranja Meritiense enfrenta o Americano, em Moça Bonita, enquanto o Galinho da Serra vai receber o America, no Lourival Gomes de Almeida. Ambos os duelos acontecem às 15h.

 

Jogo

O primeiro tempo foi bastante intenso com as equipes em busca do gol. Quem finalizou primeiro foi a equipe visitante com Leo Pimenta após Gilcimar escorar para o meia que limpou a jogada e arrematou por cima da meta defendida por Guilherme. A Laranja manteve os eu domínio onde os donos da casa encontravam muitas dificuldades para atacar.

Após a parada técnica, o Galinho melhorou, mais viu o Audax ter sua melhor chance aos 24 minutos. Em recuperação de bola, Denílson partiu em velocidade e deixou Gilcimar frente a frente com o arqueiro aurianil, que mostrou reflexo e afastou o perigo pela linha de fundo. Minutos depois, o zagueiro Anderson Oliveira respondeu para o Sampaio Corrêa.

O Audax foi premiado com gol ainda no primeiro tempo. Aos 39, Leo Pimenta acionou Gilcimar em profundidade e, dessa vez, o artilheiro não hesitou em mandar a bola para a rede, sem chances para Guilherme. Mantendo o mesmo ritmo, os visitantes quase ampliaram no lance seguinte.

A etapa final, o Sampaio Corrêa voltou com uma postura mais ofensiva e, assim, tramou sua melhor chance da partida logo aos oito minutos. No lance, Gama aproveitou a falha de Henrique e soltou uma bomba, explodindo no travessão de Max. Assim, o Galinho passou a obter maior posse de bola, imprimindo um forte ritmo e assumindo o protagonismo da partida.

Muito recuado, o time visitante conseguiam neutralizar as principais investidas dos mandantes que. O tempo era inimigo do Galinho da Serra que dava muito espaços para os contra-ataques.

Nos últimos cinco minutos, o Sampaio foi para o abafa e com eficaz conseguiu furar o bloqueio meritiense aos 44. Pela esquerda, o incansável Juninho Bolt cruzou certeiro para Leo Guerreiro, que testou firme para empatar o confronto: 1 a 1. Repleta de emoções, a disputa caminhou para as penalidades.

Na disputa de pênaltis, o goleiro Max brilhou ao defender as cobranças de Sorriso e Léo Guerreiro e assim o Audax venceu por 4 a 3 e soltou o grito de campeão. Rodrigo Yuri, Leo Pimenta, Wesley Bolinha e Felipe Augusto balançaram a rede a favor da Laranja Meritiense. Já pelo lado do Galinho da Serra, Anderson Manga, Gama e Leomir fizeram.

Sampaio Corrêa: Guilherme; Cassio, Pessanha, Anderson Luiz e Dieguinho; Dudu (Leomir, intervalo), Gama, Fábio Neves e Luciano Mandi (Sorriso, intervalo); Juninho Bolt e Anderson Manga.Técnico: Luciano Quadros.

Audax Rio: Max; Thiaguinho (Iuri Pimentel, 35'/1°T), Zé Romário, Maurício e Jean; Henrique, Rodrigo Yuri, Pizzi (Wesley Bolinha, 17'/2°T), Denilson e Léo Pimenta; Gilcimar (Felipe Augusto, 25'/2°T). Técnico: Eduardo Allax.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!