Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais

São Gonçalo, 20 de Outubro de 2018

Eliminado das demais competições, Vasco foca no Brasileirão
10/08/2018 22:22 em Novidades

Por: José Roberto Coutinho

Foto: Rafael Ribeiro / Vasco

 

Em pouco tempo no comando, Jorginho já sofre com resultados negativos e pressão da torcida

 

Planejamento: ação de preparar um trabalho, ou um objetivo, de forma sistemática. Todos os times de futebol, no início de uma nova temporada, têm e usam este método como uma maneira de organização para o ano que virá. Nem sempre essas questões vêm a dar certo. Este foi mais uma vez o caso do Vasco da Gama. O começo de 2018 tinha tudo para apontar que os dias do ano seriam de sucesso. Logo no Cariocão, o Cruz-Maltino alcançou a final contra o Botafogo. O título era certa até os 49 minutos do segundo tempo, quando Joel Carli fez o gol que empatou o confronto no agregado. Na decisão por pênaltis, o Glorioso levou a melhor e sagrou-se campeão carioca. O roteiro, a partir daí, mudou.

Apesar da queda estadual, a temporada continuava com desafios de ponta. Na Libertadores, o triunfo na pré-fase fez o torcedor sorrir novamente, apesar da dolorida derrota contra o Jorge Wilstermann por 4 a 0, que deixou algumas dúvidas no ar. As incertezas que sobrevoaram a altitude na Bolívia foram respondidas na fase de grupos do torneio mais importante do continente. Mais um fracasso. Contudo, o terceiro lugar, que veio de uma vitória gigante no Chile contra a Universidad de Chile, ainda deu ao alvinegro uma vaga na Sul-Americana.

Além do Campeonato Brasileiro, duas competições estavam em jogo: a Copa do Brasil e a Sul-Americana. No torneio nacional, uma derrota aguda por 3 a 0 para o Bahia no primeiro jogo. No eixo sul-americano, o placar foi de 3 a 1 para a LDU em Quito. Em São Januário, apesar de todo o apoio do torcedor, o clube não conseguiu reverter nenhuma das situações. 

Agora, apenas o Campeonato Brasileiro restou. Por lá o Vasco tem 19 pontos e ocupa a 13° posição. Certo que tem dois jogos a menos do que as demais equipes. Mas com a maré que o carrega no momento, existem motivos para maior preocupação e revolta por parte da torcida.

Com pouco tempo de trabalho, Jorginho já ouve as primeiras vaias. A paciência do torcedor é curta, é verdade. Mas só uma ação poderá mudar o cenário atual: a vitória. Para alcançar, o Vasco conta com Maxi López, Vinicius Araújo e Leandro Castan. Atletas que ainda não estrearam e provavelmente serão relacionados para a partida contra o Palmeiras, no próximo domingo (12). O confronto será na Arena Palmeiras, às 19h. O Cruz-Maltino vem de duas derrotas seguidas para clubes paulistas, Corinthians (4-1) e São Paulo (2-1), respectivamente. Em caso de insucesso, o treinador, pressionado, poderá ser mais um a dizer adeus ao cargo.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!