São Gonçalo, 17 de Dezembro de 2018

Sabor amargo! Botafogo deixa vitória escapar no fim com gol nos acréscimos
10/06/2018 19:56 em Novidades

Glorioso empata com o Bahia em 3 a 3, na Arena Fonte Nova

 

Por Redação EM

Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia

 

Em um jogo eletrizante, o Botafogo vacilou e deixou escapar uma vitória fora de casa que poderia selar a recuperação no Campeonato Brasileiro. Na tarde deste domingo (10/06), na Arena Fonte Nova, o Glorioso esteve a frente do placar por três vezes, mas em um vacilo aos 48 minutos da etapa complementar, custou muito caro o empate em 3 a 3 diante do Bahia.

O Alvinegro conseguiu impor seu jogo, mesmo com um jogador a menos, já que Aguirre foi expulso no final do primeiro tempo. Com dois gols de Kieza e um de Leo Valencia, o Botafogo somou um ponto que deixa a equipe com 14 pontos na 12ª colocação. O próximo compromisso do Glorioso será na quarta-feira (13), contra o Atlético (PR), no Estádio Nilton Santos, antes da parada para a Copa do Mundo.

 

Jogo

Jogando em casa, o Bahia ensaiou uma pressão no início da partida. Aos 3, o Tiago aproveitou escanteio e desviou no primeiro poste, a bola passou à direita do gol de Jefferson. Mas o Glorioso, estratégico, cercou o rival, pressionou bastante e não deu mais chances para o time da casa realizar o abafa inicial.

Com muita lucidez dentro do jogo, a equipe comandada por Alberto Valentim buscou o erro adversário para aproveitar os espaços. E, aos 11, Kieza fez isso com maestria, quando recebeu de Lindoso dentro da área e abriu o placar para o Fogão.

Em desvantagem , a equipe baiana se viu obrigada a correr atrás durante toda a primeira etapa. Aos 28 e aos 38, duas investidas perigosas baianas pararam em grandes defesas do ídolo alvinegro Jefferson. Já o Botafogo, deu sequência ao seu plano de estratégia, marcando em cima e buscando os espaços dados.

Porém, no fim da etapa inicial, já nos acréscimos, uma marcação recheada de polêmica do árbitro dificultou o trabalho da equipe do Botafogo. Aos 48, o juiz viu um pênalti de Aguirre e ainda expulsou o atacante. Régis converteu e empatou para o Bahia.

Apesar do baque sofrido, o elenco alvinegro demonstrou muito foco e voltou do vestiário determinado a superar todas as dificuldades que se apresentavam no embate. E foi assim, na determinação e na fome de vencer, que Valencia deixou Kieza na boa para marcar de cabeça e ampliar o placar.

Valente, o Botafogo seguiu comprometido, mas o fato de estar com um homem a menos acabou prejudicando. O time foi se desgastando bastante fisicamente e o Bahia, se aproveitando disso, foi para cima até conseguir chegar ao empate com Vinicius aos 28 minutos. 2 x 2.

Sem desistir em momento nenhum, a equipe alvinegra ainda voltou a frente do placar quando, aos 38 minutos, Valencia fez um lindo gol de falta, colocando a bola no ângulo e fazendo o terceiro gol do Botafogo.

Porém, novamente nos acréscimos, aos 48 minutos, o Bahia conseguiu marcar com Alionne e igualar o marcador em 3 a 3.

Um verdadeiro pecado para a equipe de Alberto Valentim, que apesar de prejudicada, se doou enormemente e realizou uma grande partida fora de casa.

Bahia: Douglas; Nino Paraíba, Lucas Fonseca, Tiago e Léo; Gregore (Geovane Itinga), Elton (Vinicius), Régis (Allione) e Zé Rafael; Élber e Kayke. Técnico: Cláudio Prates.

Botafogo: Jefferson; Marcinho, Marcelo Benevenuto, Igor Rabello e Moisés; Rodrigo Lindoso (Marcelo), Matheus Fernandes e Leo Valencia; Rodrigo Pimpão (Luiz Fernando), Aguirre e Kieza (Brenner). Técnico: Alberto Valentim.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!