Volume
Redes
Sociais

São Gonçalo, 25 de Abril de 2018

Reportagem da semana: Juninho - O Rei do Riverside Stadium
16/04/2018 - 10h20 em Novidades

Por: Felipe Henriques

Fotos: Medium.com (Capa), Torcedores.com (Corpo)

Fonte de Consulta: Trivela e EsporteFera

 

A Premier League é um marco na história do futebol inglês por toda a mudança técnica, organizacional e do investimento financeiro que cresce mais a cada temporada. Além disso, trouxe estrangeiros que acrescentaram muito ao estilo de jogo dos times ingleses. Estrangeiros como: Africanos (Didier Drogba), Asiáticos (Son), outros europeus (Dennis Bergkamp) e também brasileiros. Sim! Os jogadores brasileiros fazem parte da história da Premier League.

Phillipe Coutinho, Willian, Gabriel Jesus, Roberto Firmino, David Luiz, Ramires, Kléberson, Gilberto Silva… Muitos brasileiros foram campeões ou marcaram época nos gramados ingleses. Mas nenhum foi tão marcante e é tão idolatrado quanto Oswaldo Giroldo Júnior no Middlesbrough.

Juninho foi o primeiro brasileiro a virar ídolo na Premier League. Após a passagem de Mirandinha pelo Newcastle entre 1987 e 1989 e do meio-campista Isaías, primeiro brasileiro a jogar na Premier League vestindo a camisa do Coventry entre 1995-1997, Juninho chegava ao recém-construído Riveside Stadium no meio da temporada após os muitos títulos continentais conquistados com a camisa do São Paulo.

Meia de ótimo passe, driblador e capaz de realizar finalizações certeiras, Juninho se destacou no amistoso entre Brasil v Inglaterra em Wembley marcando o solitário gol da vitória da seleção brasileira treinada por Zagallo. Aliás, Juninho vestiu a camisa 10 na Copa América de 1995, onde o Brasil acabaria derrotado na final pelo Uruguai, dono da casa.

Seu primeiro grande momento foi na temporada 1996/97, levando o Boro à final da Copa da Inglaterra e da Copa da Liga Inglesa contra Chelsea e Leicester City respectivamente. Mesmo saindo derrotado em ambas, foi fundamental naquela temporada marcando 13 gols em 44 jogos, em um ataque formado com o italiano Fabrizio Ravanelli, ex-Juventus.

 

 

Infelizmente, o cancelamento de uma partida contra o Blackburn devido à total indisposição de 23 jogadores entre lesionados e doentes, foi julgado nos tribunais desportivos ingleses e acabou rebaixado. Sem ter como manter o jovem astro, o clube acabou o negociando com o Atlético de Madrid.

Mesmo com o rebaixamento naquela temporada, o brasileiro ocupou espaço no coração dos torcedores. Seu desempenho foi tão especial que acabou eleito o Melhor Jogador da Temporada pela Premier League, batendo lendas como o atacante inglês Alan Shearer, artilheiro da temporada com 25 gols atuando pelo Newcastle (feito que repetiria na temporada seguinte, somando três artilharias seguidas, recorde que seria quebrado apenas em 2005-06 com a tripla artilharia de Thierry Henry no Arsenal), o jovem astro e meia inglês David Beckham que começava a brilhar no bicampeão Manchester United, além da revelação do Liverpool Robbie Fowler e do recém-chegado ao Chelsea, Gianfranco Zola.

Como se não bastasse, Juninho ainda foi eleito o Destaque do Mês de Março e ainda terminou a temporada no Top-15 de artilheiros, com 12 gols. Ao lado do centroavante jamaicano Dwight Yorke, ídolo dos Red Devil’s, os únicos não europeus nesse ranking.

Em sua terceira passagem pela equipe, Juninho finalmente levantaria uma sonhada taça com a camisa do Middlesbrough: A Copa da Liga Inglesa 2003/04.

Com direito a uma histórica vitória sobre o Arsenal (Invencível, mas com o time reserva) por 1-0 dentro do estádio Highbury, onde marcou o gol da vitória. Na final, um começo arrasador e a vitória por 2-1 contra o Bolton no Millenium Stadium, no País de Gales. Gols do meia holandês Boudewijn Zenden e do atacante camaronês Joseph-Désiré Job. Aquele elenco ainda contava com os meio campistas brasileiros Doriva e Ricardinho.

“The Little Fella” foi durante muito tempo o brasileiro com mais gols na história da Premier League com 29 gols, sendo superado por Phillipe Coutinho pelo Liverpool no dia 08 de Abril do ano passado, com um gol contra o Stoke City na vitória dos Reds por 2-1.

O carinho dos torcedores com Juninho é realmente de fãs para com seu ídolo. A ponto de há quatro anos, quando o modesto Ituano surpreendeu a todos e conquistou o título do Campeonato Paulista contra o Santos no Pacaembu, torcedores fanáticos do Boro foram ao Riverside Stadium com faixas e comemoraram o feito da equipe presidida por Juninho Paulista e treinada por Doriva, algo que prova o tamanho da moral que ele tem com a torcida.

Até hoje, Juninho é o único brasileiro a ser eleito o Melhor Jogador de uma Temporada da Premier League. Considerado por muitos veículos de imprensa ingleses com o principal brasileiro a jogar na Premier League.

De forma incontestável, é o maior ídolo do clube e é considerado por muitos o maior jogador da história do Middlesbrough. O paulista de 1,67m que fez parte da seleção brasileira campeã do mundo em 2002, foi um gigante na Premier League.

O Rei do Riverside Stadium.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!