Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais

São Gonçalo, 20 de Outubro de 2018

Hugo Calderano faz história no Qatar e fica com o vice-campeonato
12/03/2018 14:33 em Novidades

Primeiro brasileiro a chegar à final individual em torneio Platinum de tênis de mesa, Calderano cai na final para número 2 do mundo

 

Histórica. Essa é a palavra que resume bem o feito pelo mesa-tenista brasileiro Hugo Calderano no Aberto do Qatar. Eliminando favoritos ao título, o carioca, de 21 anos, só foi parado na final, quando derrotado para o chinês Fan Zhendong. A derrota, porém, não tirou o brilho de sua campanha. O caminho trilhado por Calderano foi complicado desde as oitavas de final. Derrotando o sul-coreano Lim Jonghoon (45), por 4 sets a 1, o brasileiro avançou para enfrentar o atual número 1 do mundo, o alemão Timo Boll, nas quartas de final. O favoritismo do europeu, no entanto, ficou no papel. Hugo conseguiu novamente o placar de 4 a 1, impressionando o público local e seguindo à frente na competição. Na semifinal, encontrou o prodígio japonês, de 14 anos, Tomokazu Harimoto, número 12. Sem deixar o asiático pontuar na partida, o brasileiro seguiu à final com a vitória por 4 sets a 0.

Final do Aberto do Qatar

O último desafio foi contra o multicampeão e número 2 no ranking mundial, Fan Zhendong. Apesar do ótimo trabalho de Hugo Calderano até esta fase, ninguém seria capaz de esconder que o chinês era o favorito para a decisão. A marca já era histórica. Pela primeira vez um brasileiro chegou em uma final individual de um torneio Platinum. Mas o número 15 do mundo- melhor colocação de um latino americano na história do tênis de mesa- buscava o êxito no confronto final. E começou bem. No primeiro set, o brasileiro chegou a abrir cinco pontos de vantagem, fazendo 7/2. Teve a oportunidade, inclusive, para fechar o set, mas acabou desperdiçando e perdendo por 13/11.

(Hugo Calderano é derrotado por Fan Zhendong na final do Aberto do Qatar)

Na segunda disputa, o carioca abriu uma vantagem de três pontos, mas novamente não conseguiu fechar o set quando esteve com 10/9 no placar, deixando o chinês reagir e perdendo por 12/10. Após ser derrotado nos dois primeiros sets, Hugo acabou sendo visivelmente desiquilibrado de forma psicológica. O asiático, então, liderou com autoridade as duas últimas parciais, sagrando-se campeão do torneio. Fan Zhendong venceu por 4 sets a 0, com parciais de 13/11, 12/10, 11/7 e 11/7. Com o triunfo em Doha, o chinês assumirá o topo do ranking mundial. Hugo, por sua vez, com o vice-campeonato, deve alcançar o top-10, continuando, desta forma, a bater recordes e fazer história.

Reportagem por: José Roberto Coutinho

Fotos: Divulgação/ITTF

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!