Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais

São Gonçalo, 18 de Setembro de 2018

NFL NO RÁDIO – VAMOS DESCOMPLICAR O FUTEBOL AMERICANO – Parte 2
13/01/2018 14:15 em Novidades

 

por Felipe Henriques

 

O futebol americano é cada vez mais popular no Brasil, onde temos times profissionais disputando uma liga nacional e até mesmo, uma seleção brasileira de futebol americano.

Mas como entender um dos esportes americanos mais famosos que conhecemos? Vamos juntos na parte 2 da série “Vamos Descomplicar o Futebol Americano”, onde iremos falar sobre as recuperações de posse de bola efetuadas pela defesa e claro, destrinchar as posições ofensivas e defensivas de um time.

 

Então, vamos nessa com a Rádio Esporte Metropolitano!

 

TURNOVERS.

 

Calma. Vamos explicar!

 

Um turnover é quando um time está atacando e perde a posse de bola por conta de um erro cometido. No caso do futebol americano são duas jogadas: Fumble e Interceptação. 

 

MAS PERGUNTA PRA ELES O QUE É FUMBLE?!

 

 

Fumble é quando um jogador de ataque em posse da bola (Em caso de corridas ou recepções) perde-a e ela é recuperada pela defesa adversária. Em caso de fumble no Quaterback, é quando um defensor realiza um tackle em movimento de passe, com a bola indo para trás. Se o movimento de passe for completo é denominado Passe Incompleto.

Interceptação é quando um jogador de defesa intercepta um passe feito pelo Quaterback em direção ao seu recebedor, podendo avançar no campo e colocar o ataque em melhor posição para pontuar.

Ah, claro: Tanto em fumble quanto em interceptação, o defensor pode avançar até a endzone e conquistar um touchdown.

 

POSIÇÕES – ATAQUE

Cada time tem 11 jogadores por vez em campo, ou seja: 11 jogadores ofensivos e 11 defensivos e ter mais do que isso é falta. Além disso, existe o time de especialistas (Special Teams) que entra em campo para Kickoff, Field Goal, Punt e Retornos e em caso de substituições, são ilimitadas.

Ao todo, são 53 jogadores num elenco de um time de futebol americano.

Agora, vamos às posições de ataque:

 

QUATERBACK (QB)

 

 

Numeração: 01 á 19.

É o líder do time. Responsável pelos passes para seus recebedores, o Quaterback também tem a função de observar o posicionamento defensivo do adversário e, eventualmente, mudar uma jogada proposta pelo técnico.

DESTAQUES: Tom Brady (New England Patriots);  Drew Brees (New Orleans Saints);  Aaron Rodgers (Green Bay Packers);  Russell Wilson (Seattle Seahawks);  Carson Wentz (Philadelphia Eagles);  Eli Manning (New York Giants) e Ben Roethlisberger (Pittsburgh Steelers).

 

RUNNING BACK (RB)

 

 

Numeração: 20 á 49.

 

É o corredor. Importante para mudar as jogadas de ataque para que não seja apenas um monólogo de passes feitos pelo Quaterback. Além de ser importante arma para confundir os defensores adversários, o running back também é importante para fazer bloqueios na linha ofensiva e também receber passes vindos de uma parte recuada do campo.

 

Normalmente, eles se alinham atrás do Quaterback. Também existem, embora venham sendo cada vez mais raros, os Full Backs.  Esses têm a importante missão de ajudar nos bloqueios para abrir espaços em avanços de corrida do running back.

 

DESTAQUES: Ezekiel Elliott (Dallas Cowboys); Le’Veon Bell (Pittsburgh Steelers); Todd Gurley (Los Angeles Rams); Devonta Freeman (Atlanta Falcons); Lesean McCoy (Buffalo Bills); Mark Ingram Jr. (New Orleans Saints) e Marshawn Lynch (Oakland Raiders).

 

WIDE RECEIVER (WR)

 

 

Numeração: 10 á 19; 80 á 89.

 

Executar rotas, vencer o seu marcador adversário, receber o passe e avançar o máximo de jardas possível. Esse é o papel do Wide Receiver. Normalmente, são os principais alvos dos passes do Quaterback.

 

DESTAQUES: Julio Jones (Atlanta Falcons); Odell Beckham Jr. (New York Giants); Antonio Brown (Pittsburgh Steelers); Julian Edelman (New England Patriots); AJ Green (Cincinnati Bengals); Michael Thomas (New Orleans Saints) e DeAndre Hopkins (Houston Texans).

 

TIGHT-END (TE)

 

 

Numeração: 40 á 49; 80 á 89.

 

Os Tight-Ends alternam entre bloquear para proteger avanços em corridas ou receber os passes do Quaterback. Geralmente se posicionam nas pontas da linha ofensiva proteger o seu lançador, depois sair para uma rota de passe mais curta para garantir o avanço de jardas. Por serem recebedores maiores e com mais força física, acabam sendo acionados para garantir aquelas jardas mais difíceis.

 

DESTAQUES: Rob Gronkowski (New England Patriots); Jason Witten (Dallas Cowboys); Travis Kelce (Kansas City Chiefs); Zach Ertz (Philadelphia Eagles); Greg Olsen (Carolina Panthers); Tyler Eifert (Cincinnati Bengals) e Delanie Walker (Tennessee Titans).

 

CENTER (C)

 

Numeração: 50 á 79.

 

É o líder da linha ofensiva da equipe. O principal responsável por bloqueios e quem faz o snap para o Quaterback iniciar a jogada do ataque.

 

DESTAQUES: Travis Frederick (Dallas Cowboys); Alex Mack (Atlanta Falcons) e Rodney Hudson (Oakland Raiders).

 

OFFENSIVE TACKLE (RT/LT)

 

Numeração: 60 á 79.

 

São dois offensive tackles na linha ofensiva, um na direita (Right Tackle) e um na esquerda (Left Tackle) que ganha destaque nessa linha ofensiva pela responsabilidade de proteger o lado cego do Quaterback quando este se prepara para o lançamento.

 

DESTAQUES: Tyron Smith (Dallas Cowboys); Joe Thomas (Cleveland Browns) e Trent Williams (Washington Redskins).

 

OFFENSIVE GUARDS (RG/LG)

 

Numeração: 50 á 59; 60 á 79.

 

Com o posicionamento entre Offensive Tackles e Centers, tem a missão de proteger o Quaterback da linha defensiva adversária para que ele não sofra o Sack.

 

DESTAQUES: Zach Martin (Dallas Cowboys); Marshal Yanda (Baltimore Ravens) e David de Castro (Pittsburgh Steelers).

 

POSIÇÕES: DEFESA

 

LINHA DEFENSIVA: (RE/ LE/ DT)

 

 

Numeração: 60 á 79; 90-99.

 

Uma linha defensiva é composta basicamente por três ou quatro jogadores, sendo dois Pontas Defensivos (Right-End e Left-End) que são os Defensive Ends com mais um ou dois Defensive Tackles que geralmente são menos rápidos e mais altos.

 

Travam as batalhas nas trincheiras com a linha ofensiva adversária e tentar fechar os espaços para corridas por dentro e, além disso, tentar realizar o Sack no Quaterback adversário.

 

DESTAQUES:  Aaron Donald (Los Angeles Rams); JJ WATT (Houston Texans); Cameron Jordan (New Orleans Saints); Fletcher Cox (Philadelphia Eagles) e Everson Griffen (Minnesota Vikings).

 

LINEBACKERS (MLB/ LOLB e ROLB)

 

 

Numeração: 50 á 59; 90-99.

 

São os líderes da defesa. A posição de linebacker se divide entre o Middle Linebacker que tem a missão de parar as corridas centrais dos running backs e infiltrar na linha ofensiva adversária e auxiliar nos tackles, entre os Outsider Linebackers que tem como destaque o Left Outside Linebacker que tem como missão, aproveitar o lado cego do Quaterback adversário e realizar o Sack.

 

DESTAQUES: Luke Kuechly (Carolina Panthers); Von Miller (Denver Broncos); Khalil Mack (Oakland Raiders); Justin Houston (Kansas City Chiefs) e CJ Mosley (Baltimore Ravens).

 

CORNERBACKS (CB)

 

 

Numeração: 20 á 49.

 

Principal rival dos Wide Receivers, um bom Cornerback deve ser muito rápido e atlético para marcar os principais recebedores do ataque adversário (WR) e, além disso, realizar a interceptação para recuperar a posse de bola novamente para a sua equipe.

 

DESTAQUES: Jalen Ramsey (Jacksonville Jaguars); Richard Sherman (Seattle Seahawks); Chris Harris Jr. (Denver Broncos); Desmond Trufant (Atlanta Falcons) e Josh Norman (Washington Redskins).

 

SAFETY (SS/FS)

 

 

Numeração: 20 á 49.

 

Fazendo uma comparação com o futebol da bola redonda, os Safeties são líberos que atuam atrás de toda a defesa e se dividem entre marcar os passes mais longos do Quaterback e aproximar dos linebackers para auxiliar na missão de parar as corridas dos running backs.

 

FS – Free Safety – Ajuda o Cornerback na marcação aos Wide Receivers.

 

SS – Strong Safety – Responsável por marcar os Tight-Ends e também os running backs em jogadas de passe.

 

DESTAQUES: Harrison Smith (Minnesota Vikings); Kam Chancellor (Seattle Seahawks); Earl Thomas III (Seattle Seahawks); Landon Collins (New York Giants) e Eric Berry (Kansas City Chiefs).

 

ESPECIALISTAS 

 

KICKER (K)

 

 

Numeração: 01 á 19.

 

Responsável por chutar os Field Goals e também em dar o Chute Inicial das partidas, um bom kicker deve ter precisão e força em seu chute para mandar a bola no meio do Y e em muitas ocasiões, conquistar os pontos para vencer a partida.

 

DESTAQUES: Cairo Santos (Chicago Bears); Adam Vinatieri (Indianapolis Colts); Dan Bailey (Dallas Cowboys); Justin Tucker (Baltimore Ravens) e Matt Bryant (Atlanta Falcons).

 

PUNTER (P)

 

Numeração: 01 á 19.

 

O punter tem a função específica de dar o chute para reposicionar os adversários quando sua equipe não conseguir as jardas necessárias para renovar uma primeira descida (1st down), geralmente numa Quarta descida (4th down).

 

Um bom punter também precisa ter força e precisão para mandar a bola mais longe possível, mas sem entrar na endzone. Um time iniciar sua campanha de ataque atrás da linha de 10 jardas é sempre desconfortável.

 

DESTAQUES: Chris Jones (Dallas Cowboys); Matt Bosher (Atlanta Falcons) e Marquette King (Oakland Raiders).

 

UFA! Agora, a Rádio Esporte Metropolitano te colocou por dentro de TODAS as posições no futebol americano, para você entender melhor esse esporte que é cada vez mais popular no nosso país.

 

No próximo texto, falaremos sobre o amendoim gigante (A bola de futebol americano) e algumas faltas, além do tempo de jogo.

 

Não se esqueça: No próximo fim de semana tem mais quatro jogos Ao Vivo dos playoffs da NFL aqui na Rádio Esporte Metropolitano. Participe pelo Twitter (@remetropolitano) através da #NFLnoRadio.

 

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!