No último lance, Flamengo vence e se classifica para a fase de Grupos da Libertadores
03/12/2017 - 22h22 em Novidades

De virada, Mais Querido vence o Vitória com gols de Rafael Vaz e Diego, de pênalti

 

Jogando fora de casa, o Flamengo se classificou com um gol no último lance da partida que carimbou a vaga direta para a fase de Grupos da Copa Libertadores de 2018 ao vencer o Vitória por 2 a 1, no Estádio Barradão, em Salvador, neste domingo (03/12), pela última rodada do Brasileirão.

Depois de sair perdendo por 1 a 0 para o Vitória, com gol de Carlos Eduardo ainda no primeiro tempo. O Fla teve paciência e empatou a partida com Rafael Vaz, aos 29, e Diego, aos 50 minutos do segundo tempo, de pênalti, marcou o gol que valeu a classificação rubro-negra.

O time da Gávea terminou o Campeonato Nacional na sexta colocação com 56 pontos e se caso o Rubro-Negro for Campeão da Sul-Americana, o time de Reinaldo Rueda classificará seu arqui rival, o Vasco para a Fase de Grupos da Libertadores em 2018, já que o Cruzmaltino terminou na sétima colocação do Brasileirão, com os mesmos 56 pontos do Flamengo.

O primeiro jogo da grande final da Copa Sul-Americana acontece nesta quarta-feira(06), em Avellaneda, na Argentina, contra o Independiente.

 

Jogo

Durante a primeira etapa, as ações foram equilibradas. Com Felipe Vizeu, por duas vezes, a equipe carioca criou chances perigosas. O adversário, no entanto, foi mais eficiente na frente do gol e foi para o intervalo à frente do placar. Após receber passe dentro da área, Carlos Eduardo bateu de canhota e abriu o marcador em Salvador.

No período final de partida, o Mais Querido voltou ao gramado com uma maior segurança defensiva e qualidade na fase de criação. Auxiliando a equipe no momento ofensivo, Vinicius Jr. contribuiu com boas jogadas pelo lado esquerdo. A partir desse setor do campo, o jovem camisa 20 fez grande jogada e rolou para o meio da grande área adversária. Arão ajeitou para Rafael Vaz, que bateu com categoria e contou com um leve desvio na zaga para a bola morrer no fundo das redes. Era o empate do Flamengo.

As emoções mais fortes ainda estavam guardadas para os minutos finais de partida. Após jogada incrível, Vinicius Jr. driblou dois jogadores adversários e foi derrubado na entrada da área. Diego, Trauco e Rafael Vaz posicionaram-se para a cobrança, feita pelo camisa 35.

A bola tinha a direção do gol, mas Uillian Correia desviou a bola com o braço e o árbitro apontou a marca da cal. Era necessário que Diego, capitão do Mais Querido nesta noite, convertesse a cobrança. A responsabilidade nos momentos decisivos acompanha o meia durante toda a carreira, e hoje não foi diferente. Com precisão, o camisa 35 bateu forte e estufou as redes, fazendo explodir a torcida no Barradão e colocando o Flamengo na frente.

 

Vitória (BA): Fernando Miguel; Patric, Kanu, Rmaon e Thallyson; Uilliam Correia, José Welson e Yago (Neílton); Carlos Eduardo (André Lima) , Danilinho e Kieza (Caíque Sá). Técnico: Vagner Mancini.

Flamengo: César; Pará, Léo Duarte, Rafael Vaz e Trauco; Cuellar (Geuvânio), Willian Arão e Diego; Lucas Paquetá (Vinícius Júnior), Felipe Vizeu (Lincoln) e Everton Ribeiro. Técnico: Reinaldo Rueda.

 

Escrito por Weliton Labarra e Ascom Flamengo

Data:03/12/2017

 

Foto: Gilvan de Souza/Flamengo

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!