Sub-20: Vasco se recupera, vence a primeira e segue vivo no Torneio OPG
11/10/2017 - 21h39 em Novidades

Gigante da Colina precisa vencer seu último jogo para avançar

 

Em jogo realizado na tarde desta quarta-feira (11/10) pela segunda rodada do Torneio Otávio Pinto Guimarães Sub-20, o Vasco da Gama se recuperou da derrota na estreia e conseguiu a sua primeira vitória na competição ao bater o Madureira por 1 a 0, no Estádio Conselheiro Galvão.

Mesmo atuando fora de casa, o Cruzmaltino se impôs diante do Tricolor Suburbano e venceu com gol do volante Luiz Henrique, de pênalti.

Com a vitória conquistada, o Gigante da Colina somou seus primeiros três pontos no Grupo C e se manteve na briga por uma vaga na segunda fase da competição estadual. A equipe de São Januário vai decidir a sua classificação no sábado (14), contra o Audax Rio, no Estádio De Los Lários, em Xerém.

Na outra partida do Grupo C, o Artsul tropeçou jogando no Estádio Nivaldo Pereira ao perder para o Audax Rio por 1 a 0 e com isso embolou todos no grupo com três pontos, deixando tudo para ser definido na rodada final.

 

O JOGO

Ciente da necessidade de um resultado positivo, o Vasco da Gama não se intimidou com o fato de estar jogando na casa do adversário e partiu para cima do Madureira desde o começo da partida. Logo aos dois minutos, Robinho arriscou de fora da área para boa defesa do goleiro adversário. O Cruzmaltino seguiu presente no campo de ataque e com nove, após boa jogada de Cayo Tenório pela direita, voltou a assustar com Moresche. Recuado, o Tricolor Suburbano tentou responder através de alguns contra-ataques, mas não obteve sucesso.

Quando o cronômetro marcava 16 minutos, o Gigante da Colina chegou outra vez. Na ocasião, Luiz Henrique cobrou falta e Lucão, camisa 1 do Madureira, espalmou para escanteio. O Almirante continuou trocando passes e marcando presença com mais frequência no setor ofensivo, porém só voltou a finalizar com perigo aos 38 minutos, novamente com Robinho. O camisa 7 arrematou de longe para outra grande intervenção do arqueiro rival. O Tricolor Suburbano ensaiou uma pressão nos minutos finais, porém a zaga vascaína se comportou bem.

O panorama da partida não mudou no início do segundo tempo. Com jogadas pelos flancos, o Cruzmaltino assustou com Marrony, aos oito, e com Robinho, aos 10. A equipe de São Januário, entretanto, só conseguiu abrir o placar com 16 minutos, quando Linnick foi derrubado na grande área e Luiz Henrique cobrou pênalti com perfeição: VASCO 1 x 0. Os donos da casa tentaram reagir logo em seguida, com Denílson, mas a cobrança de falta do camisa 8 acabou indo para fora. Quem também não conseguiu acertar o gol foi Cayo Tenório, aos 24.

 

Na reta final da partida, o Madureira se lançou ao ataque em busca do gol de empate, porém a meta vascaína tinha João Pedro e o hoje jogador do elenco profissional fez a diferença. Com 30 minutos, o camisa 1 defendeu de forma espetacular uma forte cabeçada de Bernardo. O goleiro cruzmaltino voltou a aparecer aos 39 minutos, dessa vez para defender cobrança de falta de Rezende. Antes do árbitro decretar o final do duelo em Conselheiro Galvão, o Tricolor Suburbano buscou de todas as formas o empate, mas não venceu a retaguarda do Vasco.

 

Fonte: Weliton Labarra

Data:11/10/2017

Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!