Domingo, 16 de julho de 2017 às 21:19 em Novidades
Com portões fechados, Vasco e Santos empatam no Nilton Santos em 0 a 0

Com portões fechados, Vasco e Santos empatam no Nilton Santos em 0 a 0

 

Em um jogo de pouquíssimas chances de gols, Vasco e Santos não conseguiram balançar as redes e o placar ficou no 0 a 0, na tarde deste domingo. Em partida pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro, o duelo foi disputado no Estádio Nilton Santos com portões fechados devido a uma punição ao Cruz-Maltino por causa de uma confusão em São Januário.

O empate não foi nada bom para ambas equipes que buscavam a vitória para encostar nos líderes. O Gigante da Colina chegou aos 20 pontos na oitava posição enquanto a equipe paulista permanece em terceiro, com 24 pontos ganhos.

Na próxima rodada, o Vasco enfrenta o São Paulo, na quarta-feira, no Morumbi às 21h45min. No mesmo dia, o Santos recebe a Chapecoense na Vila Belmiro, quarta-feira, às 19h30min.

 

Jogo

Sem muita emoção. É dessa forma que pode ser classificado os minutos iniciais da partida no Nilton Santos. A primeira grande oportunidade só foi criada aos 15 minutos, quando Nenê cruzou e Rafael Marques cabeceou por cima da meta. O Peixe demorou para responder, mas só não abriu o placar aos 29 minutos porque Paulão apareceu para afastar um chute cruzado de Kayke, após lançamento de Lucas Lima.

Quando o cronômetro marcava 31 minutos, outra finalização vascaína, com Jean, que parou no goleiro João Paulo. Aos 36, o Gigante da Colina assustou novamente. Dessa vez, Yago Pikachu cobrou com perigo falta sofrida por Nenê na entrada da grande área. No último lance da etapa inicial, o Alvinegro Praiano quase abriu o marcador em cabeçada de Bruno Henrique.

Ao contrário do primeiro, o segundo tempo começou bastante movimentado, com os dois times buscando o jogo. Logo aos quatro minutos, Ramon tabelou com Nenê e cruzou na medida para Thalles, que cabeceou próximo da trave. Pouco tempo depois, aos sete, foi a vez de Madson receber de  Wellington, escapar pela direita e servir o camisa 9, que novamente testou para fora.

Apesar da maior posse de bola, o Santos só conseguiu chegar pela primeira vez aos 14 minutos, quando Jean Mota mandou a bola para área e Copete finalizou para sem direção. O Vasco, por sua vez, respondeu na sequência com Thalles, que arriscou da intermediária e parou em grande defesa de João Paulo. No rebote, Madson acertou o lado de fora da rede. Aos 33, Nenê recebeu de Wagner e arrematou com força para outra intervenção do arqueiro santista.

O camisa 10 estava disposto a decidir o jogo. Aos 41, Nenê recebeu na ponta direita, limpou o marcador e chutou na direção do gol. Substituto de Vanderlei, João Paulo apareceu novamente para realizar uma excepcional defesa. Na reta final da partida, o auxiliar-técnico Ednelson Silva promoveu a entrada de Paulo Vitor, mas o jovem acabou não conseguindo modificar o placar final do jogo: 0 a 0.

 

Vasco: Martín Silva, Madson, Rafael Marques, Paulão e Ramon; Jean, Wellington (Bruno Paulista), Wagner, Nenê (Paulo Vitor) e Yago Pikachu (Guilherme); Thalles. Treinador: Milton Mendes.

Santos: João Paulo, Daniel Guedes, Lucas Verissímo, David Braz e Jean Motta; Leandro Donizete (Alison), Yuri e Lucas Lima; Bruno Henrique, Kayke (Vechio) e Copete (Matheus Ribeiro). Treinador: Levir Culpi.

 

Fonte: Weliton Labarra e Ascom Vasco

Foto: Paulo Fernandes / Vasco.com.br

 

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!