Fluminense sofre com as bolas paradas e Grêmio vence por 2 a 0 no Maracanã
16/06/2017 - 0h27 em Novidades

Fluminense sofre com as bolas paradas e Grêmio vence por 2 a 0 no Maracanã

 

Foi a terceira derrota do Tricolor das Laranjeiras no Brasileirão

 

Em um jogo que o Fluminense conseguiu jogar um bom futebol sofreu com as bolas paradas que decidiram a partida a favor do Grêmio que venceu por 2 a 0, com um gol em cada tempo marcado por Edílson e Luan, ambos gols de faltas. A vitória colocou a equipe gaúcha na vice-liderança com 18 pontos, um atrás do líder Corinthians e na segunda-feira as duas equipes se enfrentaram. A partida fechou a sétima rodada do Brasileirão na noite desta quinta-feira (15), no Maracanã.

O Fluminense completa três jogos sem conseguir vencer. Já pensando na recuperação, o time do técnico Abel Braga, que ocupa a décima posição na tabela com 10 pontos, se prepara para o clássico de domingo contra o Flamengo, às 16 hrs, no Maracanã.

 

Resumo do jogo

 

No primeiro tempo, o Fluminense começou a partida criando jogadas pelo meio de campo, nos avanços de Wendel e Scarpa. Em cobrança de falta, Edílson abriu o placar para os gaúchos aos 7 minutos. O Tricolor se manteve no ataque e Dourado, aos 9 minutos, passou para Scarpa que chutou forte, mas a zaga cortou. Na sequência, Richarlison marcou para o Fluminense, mas o árbitro invalidou o lance por impedimento. Aos 15, ótima jogada de Wendel, mas o goleiro ficou com a bola. Léo cruzou rasteiro na área aos 38 minutos e a zaga tirou. No fim do primeiro tempo, Dourado recebeu na intermediária e chuta forte ao lado do gol.

Logo no primeiro minuto da segunda etapa, a substituição do técnico Abel Braga fez efeito e Lucas Fernandes entrou na área e chutou. A bola passou muito perto. Na sequência, Wendel teve boa oportunidade na entrada da pequena área, mas o goleiro defendeu. Aos 9 minutos, outra chance de empate com Richarlison, mas a bola saiu em escanteio. Lucas Fernandes aproveitou rebote e chutou forte aos 21 minutos, mas a defesa afastou.

 

Fluminense: Júlio César, Lucas (Renato), Reginaldo Henrique e Léo (Lucas Fernandes), Mateus Norton, Wendel e Calazans; Richarlison, Scarpa (Pedro) e Dourado. Técnico: Abel Braga

Grêmio: Marcelo Grohe, Edílson, Pedro Geromel Kannemann e Bruno Cortez; Maicon (Éverton), Michel, Ramiro e Arthur; Pedro Rocha (Fernandinho) e Luan (Gaston Fernandez). Técnico: Renato Gaúcho

 

 

Escrito por Weliton Labarra e Ascom Fluminense

Foto: Nelson Perez/Fluminense FC

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!